serum la roche posay

Hoje falamos de beleza, afinal o que a gente não faz pra ficar mais bonita! Como você, adoro ter mil cremes para tudo quanto é coisa e os uso desde sempre. E a dica dessa semana para manter a pele hidratada e atenuar linhas de expressão é o poderoso Serum. Com mil marcas bacanas no mercado, comecei a usar esse da foto e simplesmente amei o resultado. Muda completamente a textura da pele, muito mais poderoso que os cremes convencionais. O Serum penetra profundamente na pele e de forma bem mais rápida, é possível ver resultados apenas depois de uma só aplicação. Outro ponto positivo é a economia, o Serum dura muito mais se comparado a um creme anti linhas de expressão convencionais. Apenas uma quantidade mínima todos os dias já dá o seu recado. Você também é adepta dos Seruns no seu dia a dia? Que marcas indica pra gente?

casa azul olinda 1

casa azul olinda 2

casa azul olinda 3

casa azul olinda 5

casa azul olinda 6

Como é bom quando o domingo é um belo dia de céu azul. E apesar das chuvas passageiras de hoje, o sol brilhou um pouco. Perfeito para um passeio pelas ladeiras de Olinda vestindo azul dos pés à cabeça. Adoro a delícia que é esse vestido soltinho de Verão. Afinal, o calor pede leveza e moda sem esforço, não é? Que tal?

 

 

Vestido: Porta à Porter
Espadrilhas: vintage (bordadas pela minha vovó Léa Aderne! ; )
Acessórios: vintage

 
Make-up e Cabelos: Alice Club Hair
Fotos by Tnol

fotografia que câmera comprar canon

Como boa jornalista, sou absolutamente apaixonada por uma boa fotografia. O ângulo certo, uma foto expressiva, cores. E como o blog é essencialmente fotográfico, muita gente nos pergunta aqui sobre que equipamentos comprar. Tive a sorte de nesses mais de 7 anos de site conhecer muitos fotógrafos talentosos pelo caminho. Mas é necessário ter uma infinidade de lentes e câmeras caras para conseguir uma boa fotografia? Independente de ter um site, página na Internet ou não, todo mundo quer uma boa foto para ilustrar a sua página de Facebook, o seu Instagram, o seu Tumblr. E conversamos com o nosso fotógrafo de sempre aqui pro blog, o Tnol Luna, para esclarecer todas as nossas dúvidas.

E vamos às perguntas: Que equipamento comprar para quem quer começar a se aventurar pelo mundo da fotografia? Para Luna uma câmera DSLR simples é um bom começo. Mas pára tudo! O que é DSLR quer dizer? É uma sigla em Inglês para Digital Single Lens Reflex. Saiba mais nesse link.

Depois de escolher a câmera, que lente comprar? De acordo com Tnol, a lente 50mm tem um ótimo custo benefício. E é a lente que usamos para a maioria das fotos publicadas aqui no blog. Luna explica que a qualidade da imagem capturada é boa e o preço também.

Como aprender a usar o equipamento? Tnol: “Além de cursos, há muita informação disponível online mesmo. É só preciso aprender as técnicas básicas de enquadramento e também a utilizar a velocidade do obturador e abertura do diafragma. Revistas especializadas ajudam bastante, como também o interesse em aprender. Ter um bom equipamento apenas não vai ajudar a conseguir uma boa técnica fotográfica. Sem interesse em buscar informação, um bom equipamento não adianta nada”, explica

Na hora de comprar a sua câmera DLSR, que marca optar? Canon, Nikon? Para Tnol Luna, ambas são muito boas. Todavia, as da marca Canon são as mais populares e com mais produtos disponíveis no mercado. No entanto, a Nikon acabou de abrir uma fábrica no Brasil. O que deve ajudar na oferta de produtos da marca por aqui.

Mais alguma pergunta sobre esse assunto? Ask here!

look mangas bufantes chita brasil street style brasil 1

look mangas bufantes chita brasil street style brasil 2

look mangas bufantes chita brasil street style brasil 3

look mangas bufantes chita brasil street style brasil 4

Acho que deveria ter nascido em outra época, sou completamente apaixonada por chapéus! E fico extremamente feliz que estejam em moda novamente. Comprei esse com abas mais curtas, no modelo Fedora, recentemente, e quero usar absolutamente com tudo! De looks casuais até aos mais classudos, como esse vestido de mangas bufantes da nossa sempre queridinha Chita Brasil. Você também curte usar chapéus no seu dia a dia? Ou chapéu pra você é só em dia de praia?

 

Vestido floral mangas bufantes: Chita Brasil
Sapatos: vintage
Anel e brincos: vintage
Chapéu fedora: Pralana

 

Fotos by Tnol

 
O POST É UM PUBLIEDITORIAL

“Prefiro fazer careta a permanecer bonita”, essa é a Dandara de Morais, atriz de cinema pernambucana e estrela maior do badalado filme Ventos de Agosto, do cineasta Gabriel Mascaro. O longa teve a sua ‘world premiere’ no Film Festival Locarno, realizado recentemente na Suíça, e Recebeu Menção Especial do Júri na cerimônia de premiação. Mas conheço a Dandara além das telas, tive o prazer de fazer aulas de balé com ela sem nem suspeitar da sua história e da sua carreira de sucesso. E a convite nosso, (obrigada Dandara!) ela topou dar uma entrevista exclusiva pra gente dando dicas valiosas para quem pensa em seguir os passos dela: atriz de cinema! A entrevista está tão bacana que resolvi reproduzir na integra. Have fun!

 

Kira F: Fala um pouco da sua carreira de atriz. Como começou, quais foram os seus primeiros trabalhos e em que projetos já participou?

Dandara de Morais: Em 2009, eu desenvolvi um interesse enorme por cinema. Alugava cinco filmes de uma só vez e assistia em uma semana. Isso continuou por um bom tempo. A maioria dos filmes eram de antes de 1970, fiquei fascinada pelos clássicos e pelos filmes de arte mais independentes. Cada filme me atingiu de uma forma diferente. Naquele ano, meu pensamento começou a se modificar por conta dos filmes que assisti. Eis que assisti um filme chamado Funny Face com Audrey Hepburn, o que me levou a querer fazer cinema e ser parte daquele turbilhão de sentimentos que ele transmite. Procurei logo uma escola de teatro, mas acabei desistindo porque a linguagem cênica não me interessou muito. Meu primeiro trabalho foi na TV. Fiz Malhação sem um pingo de experiência, era bem fraquinha até! Demorei um tempo até fazer meu primeiro filme, que é Ventos de Agosto, com um diretor apenas maravilhoso dessa cidade. Por sorte e cara de pau! Fiz também Loja de Répteis, de Pedro Severien, mas foi bem pequeno. No ano passado fiz uma peça de teatro, mas novamente o cinema falou mais alto e fui atrás. Esse ano fiz Açúcar, de Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira, e vou gravar minhas últimas cenas de Azougue, filme de Tiago Melo. Dai eu vou me articulando, conhecendo gente incrível e ganhando novos convites. Já falei demais!

Kira F: Como soube que queria essa profissão pra você? Em que momento você percebeu que esse era um sonho possível?

Dandara de Morais: Quando comecei tinha dúvidas. Amei fazer Ventos de Agosto. Gabriel me metia em cada roubada que as vezes queria desistir, mas foi essencial para a minha personagem. Então comecei a pensar nas minhas atitudes em relação ao cinema, fui entendendo como funciona pra mim e conversando com essa galera, experimentando, vendo filmes… até que caiu a ficha de quão maravilhoso é ser atriz de cinema. Percebi que era possível quando fui recebendo convites para outros filmes, sem passar por testes. Meus testes foram em sets de filmagem, dentro de personagens, frente a pessoas incríveis.

Kira F: Como você se prepara para um papel? É difícil memorizar os textos?

Dandara de Morais: Há muita conversa entre mim e os diretores antes de começar a filmar. Há vivências. Morar numa casa humilde, dançar no terreiro, participar de uma sambada. É tudo vivido intensamente, me jogo naquele ambiente deixando de ser Dandara, então aí a personagem nasce. Não é muito difícil porque nem sempre tive que seguir a risca o que estava no roteiro. Às vezes nem sabia o que tinha nele… as falas eram criadas ali, durante a montagem do cenário, posicionamento de luz e câmera. É tudo muito tranquilo, exceto quando os diretores me dizem “senta lá e conversa” e começam a rodar. Tenho que respeitar o silêncio dos outros e me controlar para não ser essa faladeira meio gasguita que sou!

Kira F: Que dicas você daria para alguém que está começando e tem o sonho de ser atriz de teatro ou cinema. Oficinas e cursos de interpretação são o caminho?

Dandara de Morais: Estudo é muito importante, mas é necessário criar um repertório com aquilo que você quer para si. Gostou? Faz igual! Observa detalhadamente cada fala, cada gesto, cada expressão que aquela atriz ou ator fez. Repare também no mundo real. Aprendi muito observando como as pessoas se comportam em cada situação de suas vidas. Pense além do físico. Pense além da tela, pense no olhar do diretor. Deixe de ser um espectador que acompanha um filme ou uma peça e seja mais um personagem. Um observador inquieto e questionador. Seja a obra!

Kira F: Beleza é algo importante para a carreira de ator ou atriz?

Dandara de Morais: Não é essencial, mas com certeza ajuda. Bastante. Mas atores considerados desinteressantes para o padrão de beleza que temos são atores espetaculares, como Tilda Swinton, Forest Whitaker. A beleza se constrói ao longo da sua carreira. Prefiro fazer careta a permanecer bonita.

Kira F: Dá para viver da arte dramática no Recife?

Dandara de Morais: Não dá pra ter luxo. Arte dramática em Recife é independente. Existe a necessidade de criar, projetar, tirar do papel aquela idéia com pouca grana. Nem sempre se ganha bem. Ouço muita gente dizendo que eu devia ir pra o Rio, pra Sampa como se aqui não houvesse o que fazer. Tem muita coisa acontecendo no cinema. Falo dele porque é o que conheço e o que vejo ganhar cada vez mais espaço no cinema nacional e internacional. Então sim, é possível mas não muito simples!

Kira F: Algo que gostaria de acrescentar?

Dandara de Morais: Agradecer pelo interesse nas minhas palavras. Beijo!